sexta-feira, 26 de março de 2010

Devemos nos punir por notas?


Será que é certo, nós, nos punirmos por algo que fizemos sem querer? Por uma nota indesejada? Por uma palavra não dita? Por frases que deveriam ser faladas? Por opinões que não foram expressadas? Por sentimentos que não foram demonstrados? Por falta de estudo? Por falta de vontade? Por mentir? Por falar a verdade até demais? ...
As vezes nos purnir ou nos sentir culpados por algo que não temos culpa, é totalmente prejudicial, pq cada vez vc vai se cobrar mais e vai exigir mais de si próprio, fazendo com que se sinta na obrigação de alcançar essas metas que no decorrer do tempo vão se tornando maiores e mais difíceis de serem atingidas.
E sou uma prova disso. Sempre me cobrei muito, e me cobro até hoje. Só que antes era pior, chegava a ser uma obsessão, uma coisa até que doentia. EU não admitia que minhas próprias notas fossem menores que oito. Quando consegui, minha meta mudou. Minhas notas tinham de ser maiores de 9,0. TODAS foram, sem nenhuma excessão. Meu boletim era um dos melhores da sala, mas do que adianta ter um boletim dos sonhos se o meu único sonho naquele momento era fcar tirando mais que nove? Me sentia cansada, e só pensava em estudar, estudar, e estudar...acabava estudando até o que não caía na prova. Não dormia direito e não via a hora das proas acabarem pra eu ter um pouco mais de tranquilidade. Eu dormia estudando. Como? Eu fechava os olhos e ficava passando a matéria na minha cabeça até pegar no sono. Era loucura! E acordar? Acordava pegava o livro e começa a estudar! Não importava se meus olhos estavam embaçados por causa do sono, ou se meu maior desejo era voltar a dormir no momento. O que importava era que a minha nota tinha que ser maior que nove e PONTO. Se eu tirava 8,9, eu começava a chorar e dizia que eu era incapaz (isso é verdade!). No final das contas percebi que aquilo só estava me prejudicando, mas não conseguia parar. Então eu era menos rígida. Minha meta passou a ser: "Não tirar nota vermelha." Adiantou? Não. Pq querendo ou não tudo tem uma primeira vez na vida. E a nota vermelha chegou. Chegou e me arrasou. Quando o professor me mostrou minh prova, só faltou eu desmaiar. Chorava tanto, tanto, que até soluçava. Foi angustiante e decepicionante. Olhar aquela prova com aquela nota (tinha tirado 5,0), me fazia acreditar que eu era burra. Passei o dia inteiro chorando pela escola, e me isolei completamente. Queria ficar sozinha. Só que depois de uns dois dias eu parei e pensei: "Estou chorando, chorando e chorando. E do que adiantou? NADA! Só me resultou em olhos inchados!" Foi aí que eu percebi que não adianta vc se punir por uma nota, pq vc se punindo ou não, ela não vai mudar. O fato, é que vc tem que acitar a realidade, e se conformar. Pq nem tudo na vida vai ser como a gente quer, do jeit que nós queremos. No outro bimestre eu estudei mais e fui bm na prova. Foi bm eu ter tirado essa nota, pq me fez crescer. Eu subi um degrau de aprendizado aquele dia. Não degrau de aprendizado de nota, mas de aprendixado da vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário