quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Rascunho..

Sinta a leve brisa do mar, sinta o vento batendo em seu rosto, sinta seu cabelo voando. Sinta sua liberdade. Pense nas coisas que deixou de fazer, nas oportunidades que se perderam no tic tac do relógio. O tempo passa e com ele leva os momentos mais felizes que tivemos. Viram lembranças, somente lembranças que quando envelhecermos iremos esquecer de muitas e só as mais marcantes irão continuar na nossa mente. Faça não espere. As coisas acontecem por algum motivo, eu acredito nisso, não são em vão. Tenha um diário, um blog, uma válvula de escape, alguma coisa em que você possa desabafar sem medo nenhum, que você possa se distrair ou até mesmo se destacar. Amigas pode até ser um bm diário, mas cuidado. Muitas delas não se importam com você. Reflita e imagine como seria sua vida se você tivesse feito outras escolhas no passado. Eu sou uma pessoa incontrolável, impulsiva, uma caixa de sentimentos ambulante. Tudo parece tão surreal. Tudo está diferente, e eu me sinto uma nova pessoa, uma pessoa melhor. Sinto que agora tudo se encaixa, tudo se renova, é como um ciclo. O vento mudou a direção, mudou seu rumo, mudou seu destino. "Não importa onde você parou, em que momento da vida você cansou o que importa é que é sempre é possível e necessário recomeçar." Pense nos outros, diga o que pensa, não guarde nada para si. Cuidado com o que faz, lembre-se que um peso na consciência é mais pesado do que qualquer coisa e mas difícil de se carregar para o resto da vida. Tudo tem seu tempo, deixe seus pés no chão, um passo de cada vez, é melhor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário