segunda-feira, 6 de junho de 2011

Revisão de História Prova do dia 07/06

Oiii gente, UFA, acabei de terminar o resumo. Fala sério, matemática e história no mesmo dia é sacanagem! Só não faço resumo de matemática também por falta de tempo, se não é óbvio que teria aqui! Mas, eu aconselho a olharem aquela revisão do primeiro módulo da F1 que eu fiz aqui mesmo (http://bibiheleno.blogspot.com/2011/05/rrevisao-de-matematica-da-frente-1-ev.html) e o da F2 (http://bibiheleno.blogspot.com/2011/05/revisao-de-matematica-frente-2-ev-do.html)! Voltando a história, aconselho também que leiam a apostila, por mais que meu resumo pareça ser completo eu tenho medo de que falte alguma coisa. Façam os exercícios da apostila e do T.C. também minha gente, sempre ajuda e eu duvido que não caia! Vou dar os créditos da revisão das revoltas ao Ricardo e do Big Stick a Giovanaa! Então, vamos ao resumo!

REVISÃO:

→ REVOLTAS REGENCIAIS:
• A união da elite se desuniu graças ao autoritarismo de D. Pedro I e pelo perigo da recolonização.
• Assim duas linhas de revolta salientaram-se. O localismo, contraposição à orientação centralista, e reivindicações sociais do negro e mestiço contra o branco, do pobre contra o rico, do escravo contra o senhor, do homem do campo contra o da cidade, tendo uma teia complexa e intrincada.
• Com isso, os políticos exaltados aliaram-se as camadas populares no intuito de tomar o poder traindo os mancomunando.
• As inúmeras agitações e revoltas ocorridas em vários lugares, refletem com vigor os problemas gerais do país na década das Regências: crise econômica-financeira; conflito sociais; instabilidade política; fome; ignorância e abandono de grande parte da população "mormente" nos sertões. Com elemento agravante, ainda havia debilidade central no governo.
• As desordens e revoltas foram reprimidas.
• Revoltas:
- Cabanagem: (1835-1840) Aconteceu no Grão Pará e foi considerada a maior revolta popular da história, com nome derivado das precárias habitações em que viviam a maioria de seus participantes, índios, negros, caboclos...Os motivos eram: Péssimas condições de vida e por que eram contra a regência. Foi um massacre até sua pacificação.
- Sabinada: (18937-1838) Aconteceu na Bahia, com o líder Francisco Sabina. As causas foram que eram contra o centralismo e a favor de separatismo, e pela miséria. Fatos: Dominam salvador, República Bahiense, elite não adere ao movimento, e foram reprimidos.
- Balaiada: (1838-1841) Aconteceu no Maranhão, com os líderes Manoel dos Anjos (balaio), Vaquero Raimundo (cara preta) e Nego Cosme. As causas foram: A miséria, o algodão, o açúcar (crise na exportação), e o governo. Fatos: Idéias Liberais, República, foram reprimidos pela Guarda Nacional.
- Farrapos: (1835-1845) A província do Rio Grande do Sul. Líderes: Bento Golçalves e Giuseppe Garibaldi. As causas foram os impostos e as fronteiras. Os fatos: Idéias Repúblicanas, separatistas, República Piratini (RS), República Juliana (SC) e acordo.
CABANAGEM E BALAIADA: CARÁCTER SOCIAL
SABINADA - CAMADA MÉDIA DA POPULAÇÃO
FARRAPOS - REPUBLICANOS; SEPARATISTAS E ELITISTAS.

→ II REINADO - POLÍTICA INTERNA:
• A idéias de emancipar D. Pedro II teve o apoio dos conservadores e dos liberais. Os opositores acham que se tivessem dade certo (o plano) eles seriam apeados no poder.
• O golpe palaciano foi resultado de uma campanha abrangendo o senado e a opinião pública, dirigida ao clube da maioridade. O ministério vetou, porém o Imperador disse sim, assim os liberais chegaram aos postos de mando no momento da instalação do II Reinado.
• Organizou-se o primeiro gabinete composto por liberais maioristas, como dois Cavalcantis, e dois Andradas que foi chamado "Ministério dos Irmãos". Os liberais, querendo se manter no poder, fortaleceram-se aplicando a violência nas eleições que ficaram conhecidas como "eleições do cacete".
• O ministério dos irmãos não durou muito tempo. Pediram a dissolução da câmara dos Deputados, que foi realmente dissolvida e novas eleições foram organizadas.
• Os liberais não se conformaram e fizeram revoltas em São Paulo liderados por Tobias de Aguiar e Padre Feijó, e em Minas Gerais.
• A elite estava dividida em dois partidos, o Liberal, que defendia a descentralização administrativa, e o Conservador que defendia a centralização.
"NADA MAIS CONSERVADOR DO QUE UM LIBERAL NO PODER" (Frase importante!)
• Parlamento das Avessas: Não tenho o que foi, então, olhem na apostila! :D
• Revolução Praieira: O líder era Borges da Fonseca ("manifesto do mundo"), e suas causas eram:
- Uso do poder moderador na política;
- Comércio familiar e
- Cavancaltes.
(Confere isso aí gente, eu não tenho certeza!)

→ EXPANSÃO CAFEEIRA E CRISE DO ESCRAVISMO:
• Divisão Internacional do Trabalho: Estabeleceu-se graças a Segunda Revolução Industrial.
• Expansão do café: A demora da expansão ocorreu pela falta de conhecimento e pela falta de capital brasileiro, já que este passava por uma crise econômica. Só se espandiu no século XIX, com os fatores:
- Disponibilidade de terras;
- Existência de recursos subutilizados;
- Condições naturais (clima, relevo, curso fluvial e colo).
• Os EUA passou a consumir a café brasileiro.
• Crise de mão-de-obra escrava: A Inglaterra queria por fim na escravatura, o Brasil não. O Brasil fez a lei para abolir a escravidão, mas não cumpriu: "LEI PARA INGLÊS VER.".
• Tarifa Alves Brando: Suspendeu taxas alfandegárias preferenciais da Inglaterra.
• Bill Aberdeen: Reação inglesa que falava em tomar conhecimento e julgar qualquer navio que fazia tráfico negreiro.
• Lei Eusébio de Queirós: Amenizou as hostilidades. Criavam instrumentos que tornavam efetiva a proibição sendo julgados pela Auditoria da Marinha ou pela Conselho de Estado. Delitos cometidos por fazendeiros que não eram julgados pelo poder que possuíam na época sobre as outras "classes".

→ EXPANSÃO TERRITORIAL DOS EUA:
• Fatores:
- Imigração;
- Ouro;
- Destino Manifesto e
- Doutrina Monroe.
• Lei sobre terras: Antes da independência já cobiçavam as terras do oeste. (Tem mais coisa na apostila é bom ler! É importante!)
• Mecanismos de conquista:
1) Compra de territórios: Lousiana, Alasca e Flórida;
2) Diplomacia: "Oregon" foi cedido;
3) Guerra: Conquista do México e Tratado de Guadalupe (Fim da guerra e divisão de territórios.).
4) Indígenas: Maiores vítimas da marcha para o oeste.
• Política:
- Partido Federalista: Defendia um governo com poder centralizado. Representando os interesses dos comerciantes, manufatureiros e financistas.
- Partido Republicano Democrático: Defende um governo descentralizado, querendo maior autonomia dos estados e maior participação popular nas eleições.
• Consequências: Desenvolvimento da economia americana, formação da União, crescimento da agricultura, do comércio, da indústria, da mineração e da pecuária. Crescimento também da população e das diferenças sociais.

→ GUERRA DE SECESSÃO:
• Fatores:
- Protecionismo alfandegário;
- Desenvolvimento do Norte;
- Problema do escravismo e
- Política.
• Após a eleição de Lincoln, a Carolina do Sul resolveu se separar da União com mais seis estados que formavam os Estados Confederados da América.
NORTE: 22 ESTADOS - 22 MILHÕES
SUL: 11 ESTADOS - 9 MILHÕES (sendo que 4 milhões da população eram escravos.).
• Lincoln para fortalecer os estados do norte, extinguiu a escravidão promulgou o Honestead Act. Também prometeu a todos escravos do sul que lutassem a favor do norte, sua liberdade. Ou seja, passaram a ser 26 milhões no norte contra apenas 5 milhões no sul. A guerra se reverteu a favor dos estados do norte que interrompeu o comércio entre a Europa e o Sul por um bloqueio naval. O general Lee de redimiu, e o norte ganhou a guerra.
• Cosequências:
- A Unidade da União se junta novamente;
- O Sul é devastado;
- Morte de 600.000 pessoas;
- Abolição da escravidão e
- Os EUA se torna uma potência mundial.

→ IMPERIALISMO NORTE-AMERICANO:
• Lei Morril: Oferta e procura. (É bom saber mais sobre essa lei!)
• Capitalismo monopolista: Não te dá a oportunidade de preços mais baixos. Consequências como urbanização e expansionismo com o Hawaí e Havana.
• Big Stick: Política expansionista e imperalista.
"VOZ MACIA COM PORRETE NA MÃO.".

É isso, espero ter ajudado! :D

Nenhum comentário:

Postar um comentário